Notícias‎ > ‎

PROVAS DE SÁBADO - 2ª ETAPA COPA SERRA LITORAL DE VELOCROSS

postado em 10 de abr de 2014 10:50 por Francis Miguel Schweitzer
Texto e fotos: Rodrigo Hang, racecross.com

Lele tem dupla vitória na sua primeira prova após a despedida de seu grande incentivador, Guga Lemos.

Aconteceu nos dias 5 e 6 de Abril na cidade de Canelinha, a 2ª Etapa da Copa Serra Litoral de Velocross. Com um belo final de semana de sol e o público comparecendo em grande número, o motódromo Ari Justino Pereira deixou a pista em perfeitas condições e recebeu o melhor do velocross Catarinense. No sábado durante as provas noturnas, destaque para o piloto de Lages Leandro “Lele” Lemos, que foi o segundo colocado na Nacional 300, faturou a 230 PRO e também a principal categoria a VX1, mantendo-se firme na liderança das três categorias.

Brayan da Cunha, 55cc.
Dando início as competições noturnas, a 55cc abriu o dia com classe. O piloto Brusquense Brayan da Cunha que vem se destacando no cenário do velocross mostrou que conhece a pista de Canelinha. Durante a largada, Brayan abriu boa vantagem sobre os adversários e liderou a prova sem sustos de ponta a ponta, na segunda posição vinha com folga o piloto Vinicius Boing seguido por Mateus Leandro que ficou na terceira posição.

Anthonny Gervásio, 65cc.
Nas 65cc Caue Pauli da Silva fez boa largada e saiu na frente seguido de perto por Anthonny Gervasio e Carlos Gervasi. Os pilotos de Camboriú Anthonny e Carlos botaram pressão para cima de Caue que acabou abandonando com problemas na moto, Anthonny assumiu a liderança da corrida e ficou com a primeira posição, Carlos Gervasi foi o segundo colocado. Na disputa pela terceira posição, o piloto da casa Luis Miguel levou a melhor.

Leonardo Giacomosi, Intermediária Especial.
Pela Intermediária Especial o piloto da Casa Leonardo Giacomosi, o “Nado” largou bem e conseguiu a primera posição logo na primeira volta. Ariel Vieira vinha na segunda posição mas não conseguiu segurar por muito tempo enquando que Ubiratan Gasperi o”Bira” que não fez uma boa largada vinha da última posição buscando espaço na pista e disputou com Ariel diretamente a segunda posição, Bira levou a melhor e finalizou a prova na segunda posição, Ariel foi o terceiro colocado e o vencedor foi o piloto de Canelinha Nado.

Leandro Lemos, 230 Pro.
Na classe 230 PRO as antenções foram voltadas as disputas entre o numeral 500 Marcio Roberto Rover e Leandro “Lele” Lemos. Marcio fez uma ótima largada e arrancou na frente, enquando Lele precisava buscar posições após ter saído na sexta posição durante a largada. Marcio acelerava forte mas Lele foi melhor durante a prova e conseguiu buscar seu objetivo, alcançando 3 posições já nas primeiras voltas. Lele ficou com a primeira posição na categoria, Marcio Rover foi o segundo colocado e fechando as três primeiras posições o piloto de Camboriu Jeferson Gardini

Crystian Andrade, categoria  Junior.
Os pilotos da Categoria Junior protagonizaram fortes emoções até o fim. Foi dessa forma que podemos descrever a disputa pela primeira posição entre Crystian Andrade e Matheus Negão que aceleraram forte durante todo tempo na briga pelo caneco. Na largada Crys e Negão saíram juntos e Crys com muita técnica conseguiu administrar a primeira colocação seguido de muito perto por Negão. No momento em que Negão tentou ultrapassar acabou batendo na moto de Crys e teve uma leve queda, o que foi perfeito para os planos de Crys, Negão levantou rápido e acelerou forte durante a prova conseguindo encostar novamente em Crys, a prova seguiu de ritmo intenso para a última volta onde os dois tentaram o 'tudo ou nada', na última curva Crys já emlabado estava no paredão enquanto Negão fez a curva por dentro e tentou forçar a primeira posição, mas acabou errando e viu Crys vencer a prova. Negão foi o segundo colocado e na terceira posição sem muitos problemas durante a prova finalozou o piloto de Florianópolis Vinicius dos Santos o Coyote.

Marcio Rover, 300cc Nacional.
Pela Categoria Nacional 300 novamente Marcio Roberto Rover e Lele foram os destaques principais. Marcio largou na frente e assumiu a liderança da prova, seguido por Marcos Lang e Lele. Durante a prova Lele assume a segunda posição e encosta em Marcio que conseguiu suportar a pressão imposta e com muita técnica segurou a primeira posição, Leandro Lemos ficou com a segunda posição e fechando os três primeiros o piloto Brusquense Marcos Lang.

Rose Will, categoria Batom.
Na categoria Batom Rosangela Will abriu boa vantagem durante a largada e confirmou o favoritismo. Na disputa pela segunda posição Thaynara Seidel levou a melhor sobre Sharyanne e confirmou a posição, Charyanne Santana foi a terceira colocada. 

Leandro Lemos, VX1.
Finalizando as provas noturnas, a VX1 teve forte participação dos pilotos. Lele confirmou a segunda vitória da noite. Na largada após sair na frente Lele foi seguido de perto pelo piloto Brusquense Leonardo Archer que brigava diretamente pela primeira posição. A prova seguia em forte ritmo quando Leo Archer teve de abandonar a prova por ter problemas em sua moto, Lele abriu boa vantagem na primeira posição enquanto a disputa da segunda colocação ficou com Carlos Caroxa, Fabiano Bernardo e João Ferreti. Já nas últimas voltas, Lele encostou em um retardatário e acabou indo ao chão, mesmo com a queda Lele se levantou rápido para confIrmar a vitória, na segunda posição finalizou Fabiano Bernando, João Carlos Ferreti completou os três primeiros. 

Confira também:

A Copa Serra Litoral de Velocross 2014 conta com o patrocínio oficial de Honda Dorvalino Motos, ASW, IMS, RETIBASTOS, VEL MOTOS E MOBIL Super Moto MX. Co-patrocínio de GS MOTOS, LITORAL QUADRICICLOS, MOTOSHOP RACING, PÉ NO ESTRIBO, PRO RACING e ZANOELLO. 
Comments