Notícias‎ > ‎

Marlon Olsen se desliga da CBM e faz acusações

postado em 10 de jul de 2012 18:50 por Francis Miguel Schweitzer

fonte: s2sports.com.br

Marlon Olsen se desliga da Comissão de Motocross e Supercross da CBM,  e pede aos presidentes de Federações Estaduais providências na administração da mesma, e que defendam os interesses dos seus filiados.

- Confira abaixo na íntegra a correspondência enviada por Marlon Olsen.

Sr Roberto Boettcher,

Gostaria de informar o meu desligamento da Comissão Nacional de Motocross e Supercross da CBM – Confederação Brasileira de Motociclismo, devido a mesma ser hoje uma comissão meramente figurativa, não sendo consultada nem respeitada nas decisões relacionadas as modalidades em questão.

O meu desligamento também se deve ao fato de não concordar com a forma que o atual presidente da CBM vem administrando a entidade, visto que o mesmo não está cumprindo com o estatuto da mesma, pois não está executando as determinações votadas em suas Assembléias Gerais, repetindo o que antigos administradores da entidade sempre fizeram, achando que estavam a frente de uma empresa privada, e que não deviam satisfações a ninguém.

No meu entendimento, administrar a CBM vai muito além de conseguir patrocinios aos seus campeonatos, que de uma forma ou de outra sempre se viabilizaram.Administrar a CBM é administrar todo o motociclismo nacional, escutar todos os seus envolvidos e trabalhar de acordo com os interesses dos seus filiados e das determinações da Assembléia Geral da entidade, órgão máximo da CBM.

Sinceramente espero que os Presidentes das Federações Estaduais tomem as devidas providências para impedir a continuação de tais atitudes, pois o motociclismo brasileiro não merece ser administrado dessa forma, e tão pouco sofrer mais uma vez com os mandos, desmandos e irresponsabilidades dos seus presidentes.

“Quem é omisso em impedir irregularidades ou injustiças, se torna tão culpado quanto aqueles que as executam”, por isso peço o meu desligamento da referida comissão.

Sendo o que tinha para o momento, reitero os meus mais sinceros votos de respeito ao senhor e a sua história no motociclismo nacional.

Att

Marlon Olsen

Comments