Notícias‎ > ‎

Chumbinho e Priminho nas importadas, Jacson Keil, Dito e Kraemer nas nacionais, confira o resumo e todos os vencedores da 7ª Etapa da Copa Serra Litoral de Velocross

postado em 27 de ago de 2015 11:02 por Francis Miguel Schweitzer   [ 27 de ago de 2015 11:28 atualizado‎(s)‎ ]

Texto: Tiago Wolf, Fotos: Anderson Wolf

7ª Etapa do Circuito Borilli Copa Serra Litoral de Velocross 2015 – Joinville SC

A Copa Serra Litoral de Velocross 2015, foi a Joinville SC, para a disputa da 7ª Etapa da temporada, junto a 3ª Etapa da Copa Joinville. A prova contou com mais de 300 pilotos, vindos de várias partes de SC e também vários pilotos do Paraná.


No Sábado, a categoria Trilheiros, abriu as disputas dando uma mostra de como seria o final de semana. Correndo em casa, Leonardo Berkenbrock não começou bem, mas aproveitou o erro dos lideres para assumir a ponta. Jackson Steffens encostou em Leo e foi pressionando o líder até o final da bateria. Leonardo suportou a pressão e garantiu mais uma vitória na categoria. Daniel Carlos Morh mesmo com um tombo no inicio garantiu a terceira colocação.


No domingo, Luiz Henrique Zimermann faturou as principais categorias, enquanto nas nacionais muita disputa e novos vencedores.
Pela Vx2 disputa intensa entre Lucas Gadotti e Luiz Zimermann. Os pilotos se alternaram na ponta, mas Zimermann estava mais rápido e garantiu a vitória. Lucas caiu quando estava em segundo e Jacson Keil garantiu a segunda colocação após superar Leandro Lemos.
Na Vx1, Luiz Zimermann saiu na frente e garantiu mais uma vitória, seguido de perto por Lucas Gadotti que andou bem próximo do líder. Luciano de oliveira ficou com a terceira colocação, e Diego Heinig finalizou em quarto, andando de 250cc 2T.

Entre os veteranos na Vx3/Vx4, Milton Chumbinho Becker confirmou o favoritismo e ficou com a vitória. Rafael Reis saiu na frente, mas logo no inicio da bateria chumbinho fez a ultrapassagem e foi acelerando até vencer. No final da bateria, Fabio Oliveira passou Rafael e garantiu a segunda colocação. Entre os pilotos da VX4, Chumbinho foi o primeiro, Fabio o segundo e Edson Oliveira completou com a terceira colocação.

Pela intermediaria Especial, Gilmar Longen Junior caiu na largada e deixou o caminho Livre para Vinicius Coelho assumir a ponta e ficar com a vitória. Leonardo Melchert andou bem próximo do líder e garantiu a segunda colocação. Willian Langhammer completou com a terceira colocação.

A Categoria Força Livre nacional fechou o evento e não faltou emoção. Edinilson Batista assumiu a ponta no inicio mas não teve vida fácil. João Vergutz assumiu a segunda posição na metade da bateria e foi em busca do líder. Dito aumentou o ritmo e mesmo assim cruzou a linha de chegada pouco a frente de João, que vinha pressionando. Alex Peninha venceu a disputa com Eduardo Branco e garantiu a terceira colocação.


Pela Nacional 300cc disputa intensa e a primeira vitória de Maicon Kraemer após sua volta as pitas. Leandro Lemos pressionou Maicon a maior parte da prova, mas o piloto da Yamaha manteve o forte ritmo e garantiu a vitória.


Pela Nacional 230cc, alguns dos favoritos tiveram problemas já no inicio da prova, enquanto Jacson Keil assumiu a ponta no inicio da prova e foi acelerando até receber a bandeirada. Admilton Farias pressionou o líder no inicio e finalizou com a segunda colocação. Maicon Kraemer completou com a terceira colocação.


Na Categoria Vx3 Nacional, Wandrei Niels o Baco saiu na frente e venceu de ponta a ponta. Carlos Alberto Pereira começou na quarta colocação, superou Alvaro Casca e Carlos Alberto Schneider para ficar em segundo. Carlos Alberto completou em terceiro. 

Pela Vx4 Nacional, João Francener, assumiu a ponta na terceira volta e foi distanciando até vencer. Lorival Gnewuch andou isolado na segunda colocação, enquanto Rosangela Will superou Aurélio Chavez e Jacson de Souza para garantir a terceira colocação.


 Pela Nacional 150cc, Alex Vargas, voltou a competição em nova categoria e confirmou a vitória. Alex começou na terceira colocação, mas ainda no inicio da bateria superou João Vergutz e Gean da Silva para assumir a primeira posição e foi distanciando até vencer. No final da bateria, João Vergutz passou Gean da Silva na última volta e garantiu a segunda colocação.


Pela Intermediaria até 230cc, Gabriel Menestrina garantiu mais uma vitória e segue com 100% de aproveitamento. Alex Vargas pressionou Gabriel boa parte da prova, mas no final Gabriel distanciou um pouco e confirmou a vitória. Willian Amarante completou com a terceira colocação.

Pela Nacional 223 Standart, Jean Grosskopf saiu na frente seguido de perto por Maicon Kraemer. Maicon chegou a passar Jean que deu o troco logo em seguida e manteve o ritmo para vencer, Maicon ficou em segundo chegando bem próximo do líder. Admilton Farias completou com a terceira colocação.


Nas Categorias de Base, disputas e quedas marcaram as provas. Pela 55cc, Otavio da Silva saiu na frente e ficou com a vitória. Vitor Hugo de Borba não começou bem, mas foi ganhando posições e finalizou com a segunda colocação. Brayan da Cunha caiu quando vinha na segunda colocação e após uma prova de recuperação finalizou em terceiro.


Na 65cc, Anthonny Gervasio vinha na primeira colocação, seguido de perto por Victor Tidre. Anthonny errou e foi ao chão enquanto Victor assumiu a ponta. Algumas voltas depois, foi Victor que errou e caiu. Carlos Augusto assumiu a primeira colocação e confirmou a vitória, seguido por Bruno Amandio. Victor foi o terceiro, pouco a frente de Anthonny. 

Na Categoira Junior, Matheus Negão começou na frente seguido de perto por Matheus Zolet. Após algumas voltas de disputas, Matheus errou e saiu fora da pista. Negão conseguiu distanciar enquanto Matheus voltou e conseguiu salvar a segunda colocação. Bruno Hodecker completou com a terceira colocação.

Na categoria Batom, prova equilibrada do inicio ao fim, com 4 pilotos disputando a ponta. Rosangela Will saiu na frente, seguida por Thaynara Seidel, Ana Fietz e Mozarra Bittencourt. Mozara vinha pressionando Ana e Thaynara quando Rosangela caiu e perdeu contato com as lideres.  Mozara passou Ana e na volta seguinte superou Thaynara, assumindo a ponta e vencendo a etapa. Ana conseguiu a segunda colocação e Thaynara completou na terceira posição, chegando pouco a frente de Mayza Pianezer.


 A próxima etapa da competição, acontece nos dias 19 e 20 de setembro, na cidade de Rancho Queimado SC.

A cidade de Rancho Queimado-SC se prepara para a próxima etapa da Copa Serra Litoral de Velocross, dias 19 e 20 de setembro, e para quem quer conhecer a pista, ja esta liberado para treinos!!!

Principais distâncias:

Rancho Queimado fica distante 46km da capital Florianópolis, sentido BR 282.

78km de Brusque, passando pelas cidades de São João Batista e Angelina.

153 Km de Lages, via BR 282.

212 KM de Joinville, via BR 101, e BR 282.


Comments