Notícias‎ > ‎

8ª Etapa Copa Serra Litoral Velocross 2015 - Rancho Queimado SC

postado em 25 de set de 2015 18:19 por Francis Miguel Schweitzer   [ 27 de set de 2015 13:48 atualizado‎(s)‎ ]
Texto e fotos: Tiago Wolf, racecross.com

A copa Serra litoral de Velocross 2015, foi a Rancho Queimado-SC, para a disputa da 8ª etapa da competição. A prova que definiu o primeiro campeão da temporada, foi marcada pelo mau tempo, que deu trabalho aos organizadores e pilotos. No domingo o cronograma foi alterado, onde as categorias de base não fizeram treino e as baterias tiveram o tempo reduzido.
Lucas Gadotti vence pelo segundo ano a etapa de Rancho Queimado
Nas principais categorias, VX1 e Vx2, Lucas Gadotti confirmou a boa faze e garantiu a vitória nas duas baterias. Pela Vx2, Luiz Zimermann começou na frente mas acabou caindo na segunda volta e deixou o caminho livre pra Lucas vencer. Na Vx1, Lucas largou na frente e venceu de ponta a ponta. Luiz Zimermann vinha em busca do líder, mas acabou errando e teve que se contentar com a segunda colocação. Tiago Hort foi o segundo na Vx2 e Jose Luiz Fermino o terceiro na Vx1.

 Rafael Reis esta próximo do segundo título pela Copa Serra Litoral
Pela Vx3 Especial, Rafael Reis segue dominando e conquistou mais uma vitória, se aproximando do título da categoria. Entre os pilotos da Vx4 Especial, Juliano Olinger ficou com a vitória, mais a disputa mais acirrada foi entre Junior “Mala” e Luciano Inácio, com Mala levando a melhorar e mantendo acirrada a disputa pelo titulo.

Gilmar Junior à 1 ponto do título
    Na Intermediaria Especial, Gilmar Longen Jr voltou a vencer e colocou uma mão na taça. Os Irmãos Lucas e Bruno Silva completaram com a segunda e terceira colocação.
    Pelas nacionais, muita disputa e prova definida na última volta. Leandro Lemos foi um dos destaques, ao vencer duas das 3 baterias que disputou. Na Força Livre Nacional, João Vergutz saiu na frente, seguido de perto por Leandro Lemos. Após algumas voltas de disputa, Lele assumiu a ponta e foi acelerando até vencer. Logo atrás a disputa pela terceira colocação, com Eduardo Branco superando Alex Peninha.

Leandro Lemos destaque nas nacionais com duas vitórias.
Pela Nacional 300cc, Leandro saiu na frente e venceu de ponta a ponta. Eduardo Correia Branco foi o segundo e Fabio Ristow aproveitou um erro de Alex Peninha para ficar com a terceira colocação.

Branquinho vence a disputada Nacional 230 Pro
    Na Nacional 230cc, Lele teve que abrir a entrada do filtro de ar da sua moto e teve que fazer uma prova de recuperação. Eduardo Branco saiu na frente e abriu boa vantagem até cair e Alex Vargas assumir a ponta. Eduardo logo se recuperou e assumiu a primeira colocação para vencer a etapa. Leandro veio recuperando posições e cruzou a linha de chegada lado a lado com Alex Vargas. Alex conseguiu manter a segunda colocação e Lele ficou em terceiro.

João Vergutz fica com a vitória na Nacional 150cc
    Disputa intensa na Nacional 150cc. Luiz Eduardo "Duda" saiu na frente seguido por João Vergutz. Após muitas voltas de disputa. Joao assumiu a ponta e conseguiu a vitória. A disputa pela 3ª e 4ª posição foi intensa durante toda a bateria. Eduardo Correia branco foi o terceiro, seguido por  André Luiz de Melo e Maycon Correia.

Felipe Tensini estréia com vitória na categoria Standard
    A categoria Nacional 223 Standart, teve gate cheio e muito equilíbrio. Sandro Felipe Tensini ficou com a vitória, após suportar a pressão dos irmãos Deumar e Edinei  Casagrande. Luiz Antonio Ostin ficou na largada mas após uma prova de recuperação garantiu a quarta colocação, mantendo embolada a briga pelo título.

Bebeto confirma o título na Vx3 Nacional
    Pela Vx3 Nacional, vitória de Carlos Alberto Pereira, que confirmou o título o primeiro título da temporada. Marcio Dias saiu na frente, mas ainda no inicio Carlos assumiu a ponta e ficou com a vitória. Douglas Guesser ficou em terceiro, chegando logo atrás de Marcio.

Kiko fica com a vitória na última volta
    Na Trilheiros Nacional, Marcio também liderou, mas acabou caindo e perdeu tempo muito para voltar a disputa. Leonardo Berkenbrock assumiu a ponta e liderou até a ultima volta, quando teve problemas na moto e abandonou. Ricardo Gelsleuchter ficou com a vitória, seguido por Fernando de Souza e Douglas Guesser.

Brayan da Cunha perto do Bi-Campeonato
    Nas Categorias de Base, Brayan da Cunha dominou a 55cc e mesmo com uma pequena queda venceu com vantagem. Fabiano Hank foi o segundo e Everton Nazario completou o pódio.

Pista pesada para a 65cc e vitória de Anthonny Gervásio
Pela 65cc, Carlos Augusto liderou boa parte da prova, mas acabou caindo e deixou o caminho livre para Anthonny Gervasio ficar com a vitória. Carlos foi o segundo e Bruno Amandio completou os três primeiros.

Primeira vitória de Pedro Todt pela categoria Júnior
    Na Categoria Junior, Pedro Henrique Todt fez o holeshot e manteve o ritmo a prova toda. No final da bateria, Matheus Negão foi pra cima do líder, mas acabou errando ao tentar ultrapassar e Pedro garantiu a vitória.  Matheus foi o segundo e Cauê da Silva que havia caído na metade da prova garantiu a terceira colocação.

Esquenta a briga pelo título na categoria Batom
Na Categoria Batom, Mozara Bittencourt venceu mais uma e diminuiu a diferença na classificação geral, mostrando que a disputa pelo título da categoria será tão acirrada quanto nos anos anteriores. Thainara Seidel ficou com a segunda colocação e Amabbilly da silva completou na terceira posição.

Gabriel Menestrina segue invícto no campeonato, e esta bem próxima de levantar o caneco.

Circuito Borilli Racing Copa Serra Litoral de Velocross tem um patrocínio de Honda Dorvalino Motos, ASW, Vel Motos, RBI, Retibastos, Pé no Estribo, GS Moto Peças, Pro Racing, Henry Doege, Moto Shop Racing, TBT, Zanoello e Mx Center.





Comments